Connect with us

Morreu Chester Williams, a lenda do râguebi sul-africano

Desporto

Morreu Chester Williams, a lenda do râguebi sul-africano

Aos 49 anos, a estrela do Mundial de 95 foi vítima de ataque cardíaco.

É uma das figuras mais emblemáticas de uma África do Sul transitada e desamarrada do apartheid. Em 1993, registou a estreia pelos Springboks e, apenas dois anos depois, entrava para a história: foi o primeiro jogador negro a tornar-se campeão do mundo ao serviço da seleção da África do Sul. À data, o presidente recém-eleito, Nelson Mandela, reconheceu tal feito como um marco na luta pelo direito à igualdade entre brancos e negros.

A “peróla negra” conquistou também, destaque-se, o prémio de jogador do ano da África do Sul, em 94. Contudo, as lesões sempre foram um travão e em 2001 reformou-se. Mais recentemente, dedicava-se ao râguebi universitário enquanto treinador.

Chester faleceu com um ataque cardíaco, aos 49 anos de idade.

A notícia marcou o mundo desportivo e rapidamente se multiplicaram as mensagens de pesar. Uma das maiores referências do râguebi – os All Blacks- não ficou indiferente:


“Ficamos tristes ao saber da morte do grande Chester Williams, do @Springboks. Chester era uma figura icônica no rugby mundial, um rival feroz dos All Blacks em campo e um amigo fora dele. Sentiremos a tua falta. Descanse em amor, Chester.”, palavras dos All Blacks, na conta oficial do Twitter
Continue Reading
Advertisement
Recomendamos...

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Desporto

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top