Connect with us

Entre pais e filhos – Dez canções para o Dia do Pai

Jay Z e Blue Ivy
©Tumblr Beyoncé

Notícias

Entre pais e filhos – Dez canções para o Dia do Pai

Ao longo dos anos, dezenas e dezenas de músicos escreveram sobre a relação com o pai, ou com os filhos. Para celebrar o Dia do Pai, recordamos algumas das melhores.

 

John Lennon – Beautiful boy

Quando Sean Lennon nasceu, em 1975, John Lennon tornou-se um «dono de casa», diz a «Rolling Stone». No verão de 1980, o músico voltou a compor, e uma das mais pessoais foi «Beautiful Boy», dedicada a Sean. Foi de lá que saiu a muito citada frase: «Life is what happens when you’re busy making other plans (A vida é o que acontece quando estás ocupado a fazer outros planos)»

 

Eric Clapton – My Father’s Eyes

Clapton escreveu «My Father’s Eyes» como se olhasse para os olhos do seu filho, que morreu aos quatro anos, e para os olhos do pai, que nunca conheceu. Na canção dolorosa, o músico procura a relação pai-filho que nunca teve.

 

The Temptations – «Papa Was a Rolling Stone»

Em 1972, The Temptations cantavam sobre um pai ausente, e chegavam ao topo das tabelas. «When he died, al lhe left us was alone (Quando ele morreu, tudo o que nos deixou foi a solidão)».

 

Madonna – Papa don’t preach

Num dos mais icónicos tema de Madonna, a cantor conta ao pai que está grávida, e pede conselhos. O tema ficou em primeiro lugar do top norte-americano durante duas semanas em 1986.

 

Queen – Father to Son

No Segundo álbum da banda, os Queen cantam a partir da perspetiva de um pai que tenta dar conselhos ao seu filho, embora este não o oiça.

 

Jay Z – Glory

«Glory» foi lançada menos de 48 horas depois do lançamento de Blue Ivy, filha de Jay Z e Beyoncé. «A minha maior criação foste tu», diz o rapper, no tema que tornou Blue a pessoa mais nova de sempre a surgir no top de vendas. A canção abre com o batimento cardíaco de Blue Ivy, e o choro da bebé fez com que o seu nome surgisse nos créditos.

https://www.youtube.com/watch?v=qGFAFvV4dpI

 

Beyoncé – Daddy

Em «Daddy», Beyoncé recorda o passado e canta sobre algumas das melhores memórias de ser uma «menina do papá». A cantora recorda ser «inseparável» de Mathew Knowles, os passeios de bicicleta, e a desilusão quando a cantora fez a primeira tatuagem.

 

Stevie Wonder – Isn’t She Lovely

No álbum «Songs in the Key of Life», Stevie Wonder canta para a sua filha Aisha. No início da canção, é o choro da filha que se ouve. Em 2005, Aisha cantou com o pai no tema «How Will I Know».

 

Bruce Springsteen – Independence Day

Quando Bruce Springsteen entrou no «Rock and Roll Hall of Fame», em 1999, o músico falou sobre o pai Douglas, que tinha falecido no início do ano, e com quem sempre teve uma relação complicada: «Tenho de lhe agradecer. Sobre o que é que eu teria escrito sem ele? Imaginem que tudo tinha corrido bem connosco, teríamos tido um desastre. Eu só teria escrito canções felizes…ele nunca disse muito sobre a minha música, exceto que as que preferia eram sobre ele. E isso chegou». Uma das maiores canções sobre a complexa relação entre pai e filho foi «Independence Day», onde Springsteen admite: «éramos demasiado parecidos».

 

 

Will Smith – Just the Two of Us

Will Smith mudou o tom da clássica canção de amor de Bill Withers e Grover Washington Jr. «Just The Two Of Us», e tornou-a num elogio ao seu filho mais velho, Trey Smith. No tema, Smith dá conselhos paternais, e no vídeo a mulher Jada Smith surge grávida de Jaden Smith.


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Notícias

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top