Connect with us

Grammys – Os melhores momentos musicais de sempre

YouTube

Notícias

Grammys – Os melhores momentos musicais de sempre

A cerimónia deste ano dos Grammys decorre hoje no Staples Center, em Los Angeles, e vai contar com vários duetos em palco, desde Tony Bennett e Lady Gaga, a Hozier e Annie Lennox, passando por Adam Levine e Gwen Stefani, e Jessie J e Tom Jones (os dois últimos, companheiros no programa «The Voice» britânico, onde são jurados). Também Pharrell, Sam Smith, Madonna, ou AC/DC fazem parte das actuações para este ano. Contudo, noutras edições, outros artistas fizeram história e nós relembramos aqui os melhores momentos da música na história dos Grammys.

 

2012: O retorno e o domínio de Adele nos Grammys
Se em 2009 Adele tinha recebido a distinção de «Melhor Artista», em 2012 regressou aos Grammys para conquistar as seis estatuetas das suas seis nomeações. A performance de «Rolling In The Deep» valeu ainda à cantora britânica um retorno aos palcos depois da hemorragia nas suas cordas vocais que a obrigou a cancelar todos os concertos no final do ano de 2011. E ninguém esquece a mítica fotografia de Adele à saída da cerimónia sem mãos para os seus prémios.

Vê aqui a performance

https://www.youtube.com/watch?v=ZmdcD22VrAU
2010: Pink faz performance aérea de «Glitter In The Air»
Pink agarrou-se ao título de estrela pop e elevou-se ao nível de dançarina aérea com uma performance única de «Glitter In The Air» nos Grammys de 2010. A sua actuação foi marcada pela surpresa de se ter começado a despir – não para apelar à sexualidade ou à sensualidade – mas para dar início a um espectáculo de ginástica acrobática no ar.

Vê aqui a performance de «Glitter In The Air»


2009: M.I.A. actua com Kanye West, Lil Wayne, T.I. e Jay Z no dia «previsto» da sua gravidez
Sem medos ou restringimentos, Mia subiu ao palco dos Grammys no dia «previsto» da sua gravidez,e fez-se ainda acompanhar por Kanye West, Jay Z, T.I. e Lil Wayne. A rapper britânica fintou o destino nesta performance de «Swagga Like Us» e acabou por dar à luz três dias depois.

Vê aqui a performance de «Swagga Like Us»

https://www.youtube.com/watch?v=HhNfMHFp54I
2008: O poderoso dueto de Tina Turner e Beyoncé
Duas das maiores divas da música juntaram-se no mesmo palco dos Grammys no ano de 2009. Cantando o clássico «Proud Mary», Tina Turner e Beyoncé conquistaram o público com os seus poderes vocais, transformando aquele momento num do dos mais marcantes da história dos Grammys.

Vê aqui a performance de «Proud Mary»

https://www.youtube.com/watch?v=Yp2C-Se1ys8

2008: Kanye West e Daft Punk juntam-se em «Stronger»
Foi a propósito do 50º aniversário dos Grammys que os Daft Punk aceitaram o convite para se juntarem a Kanye West em palco, depois de este ter usado uma sample do duo no seu tema «Stronger», lançado em 2007. O single foi o escolhido para a edição especial do ano seguinte e tornou-se especial por ser uma das raras (e mais relevantes) aparições televisivas dos Daft Punk.

Vê aqui a performance de «Stronger»

2003: Bruce Springsteen, Dave Grohl e Elvis Costello tocam «London Calling»
Em 2003, Bruce Springsteen, Dave Grohl, Elvis Costello e Steven Van Zandt juntaram-se para honrar Joe Strummer, vocalista dos The Clash, cuja morte inesperada em 2002 abalou a comunidade rock. Tocando «London Calling», a trupe de artistas homenageou o falecido músico e a sua banda.

Vê aqui a performance de «London Calling»

2002: Aguilera, Pink, Mya, Lil’ Kim e Missy Elliott cantam versão épica de «Lady Marmalade»
Na edição de 2012, Christina Aguilera, Pink, Mya, Lil’ Kim and Missy Elliott mostraram o poder feminino com a performance de «Lady Marmalade». A versão conjunta do tema tinha sido gravado para o filme «Moulin Rouge», mas ganhou ainda mais protagonismo com a performance, que contou ainda com a participaçãp da autora original do tema, Patti LaBelle.

Vê aqui a performance de «Lady Marmalade»

https://www.youtube.com/watch?v=vPf6s8B-roI

2001: O dueto de Eminem e Elton John no tema «Stan»
No ano em que Eminem estava a ser alvo de fortes críticas pelas letras homofóbicas do seu (na altura) novo álbum « The Marshall Mathers LP» (lançado em 2000), o rapper ofereceu uma resposta concisa, actuando num dueto memorável com Elton John. Com a sua conhecida performance de «Stan» mostrou a sua abertura ao activistas dos direitos dos homossexuais, actuando com um dos mais conhecidos artistas assumidamente homossexuais.

Vê aqui a performance de «Stan»

https://www.youtube.com/watch?v=w4dZ2pcLMCs

1998: Bob Dylan é interrompido pelo «Soy Bomb»
Apesar de lendário, Bob Dylan foi protagonista de uma das actuações mais caricatas dos Grammys, mas não por sua culpa. Durante a sua interpretação do tema «Lovesick», um homem com a inscrição «Soy Bomb» (bomba de soja) no peito invadiu o palco, em directo na televisão nacional, deixando o próprio Dylan atónito.

Vê aqui o vídeo da performance interrompida pelo «Soy Bomb»

https://www.youtube.com/watch?v=vg06kxAOcIY

1993: Eric Clapton emociona uma audiência inteira com «Tears In Heaven»
Um ano depois do lançamento do seu maior single de sucesso, Eric Clapton levou-o ao palco dos Grammys, emocionando toda a audiência. O músico já tinha levado para casa 17 estatuetas.

Vê aqui a performance de «Tears In Heaven»

 

 

 

 

 


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Notícias

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top