Connect with us

Keefe D revela quem foi o autor do assassinato de Tupac

Keefe D envolvido no assassinato do rapper Tupac
Foto: Keefe D envolvido no assassinato do rapper Tupac - Filme All Eyez on Me

Notícias

Keefe D revela quem foi o autor do assassinato de Tupac

Foi preciso o rapper norte-americano Keefe D ter sido diagnosticado com cancro para que confessasse o seu envolvimento na tragédia de há 22 anos atrás: a morte do famoso Tupac Shakur.

Tupac Shakur foi um rapper estadunidense que foi assassinado em 1996 em Las Vegas (baleado quando circulava dentro de um automóvel) e Keefe D admitiu agora, que não tem nada a perder, o seu envolvimento nesta tragédia.

Nascido em 16 de junho de 1971, o artista iniciou a sua carreira aos 13 anos mas a carreira a solo apenas se iniciou em 1991 quando assinou com a Interscope, contudo, a vida não foi fácil para o rapper e teve vários desentendimentos com a lei, o que envolvia: acusações de violência armada, agressão e abuso sexual e que fez com que ficasse durante algum tempo preso.

Relacionado: “All Eyez On Me”, o filme sobre Tupac Shakur. Sabe mais aqui.

Depois de todo o mistério em torno desta tragédia e, de inclusive, ter chegado no ano passado às salas de cinema de Portugal o filme biográfico sobre o cantor-ativista e ícone do rap dos anos 90, é agora comunicado pelo “Independent” a confissão do Keefe D no envolvimento deste assassinato.

“Entrevistado para o documentário sobre o crime americano “Unsolved: the Tupac and Biggie Murders”, episódio transmitido em maio (e recentemente chegado ao Reino Unido pelo Netflix), Davis fala abertamente sobre ter sido testemunha do assassinato”.

Durante a entrevista, Davis explica que o facto de ter cancro confere-lhe imunidade neste processo de julgamento, daí poder agora, passados 20 anos, fazer a sua confissão: segundo as suas palavras, no início do mesmo dia do assassinato, a vítima tinha espancado um dos membros do gangue “Southside Crips” do qual o entrevistado fazia parte.

Após o gangue (Terrence Brown, Keefe D, DeAndre Smith e Orlando Anderson) ter conhecimento do sucedido, dirigiram-se ao 662 Club de Suge Knight, em Las Vegas, à procura de Tupac, contudo este nunca se mostrou no bar e, por essa mesma razão, decidiram segui-lo de carro.

Davis ía no banco do pendura ao lado de Terrence Brown (que era quem dirigia o automóvel) e atrás iam DeAndre Smith e o seu primo (Anderson), tendo confessado que os vários tiros vieram dos bancos traseiros.

O site menciona ainda relatos anteriores de Davis com a polícia nos quais afirmou que foi Orlando Anderson quem baleou o rapper.

Sabe mais:
– Dânia Neto já não esconde mais a barriga!
– Sara Matos mata saudades dos tempos em que cantava
– Cláudia Vieira revela imagens inéditas da festa de arromba
– Afinal, Mickael Carreira vai ser pai ou não?


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Notícias

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top