Connect with us

Kim Gordon escreve sobre «doença mental» de Courtney Love em biografia

Kim Gordon
©Capa do livro «Girl in a Band»

Gossip

Kim Gordon escreve sobre «doença mental» de Courtney Love em biografia

A ex-Sonic Youth Kim Gordon lançou uma nova biografia, onde fala diz que Courtney Love tem uma «doença mental», e acusa Billy Corgan, dos Smashing Pumpkins de ser um «bebé chorão» de quem ninguém gostava. As citações vêm do livro «Girl In a Band», que relata as mem´prias de Gordon, que também detalha o seu tempo nos Sonic Youth, e o casamento com Thurston Moore.

Na obra, Kim Gordon escreve sobre o momento em que conheceu Courtney Love, quando co-produziu o álbum «Pretty On The Inside», das «Hole»: «Ninguém questiona a desordem por trás do seu glamour de Los Angeles – sociopatia, narcisismo – porque é bom rock and roll, bom entretenimento! Eu tenho uma baixa tolerância para comportamento egocêntrico, e geralmente tenho de me recordar que a pessoa pode ser doente mental».

Sobre o «caso secreto» de Love com Billy Corgan, Gordon escreve: «A Courtney pediu-nos conselhos sobre o seu ‘caso secreto’ com Billy Corgan. Eu pensei, ewww, até à menção de Billy Corgan, de quem ninguém gostava porque era um bebé chorão, e os Smashing Pumpkins levavam-se demasiado a sério, e não eram de todo punk rock».

No livro, Gordon fala também em detalhe sobre como o caso que Thurston Moore manteve levou ao fim do seu casamento: «ninguém conseguiu perceber como o Thurston, que sempre teve um bom nariz para as que usam, a groupie, a louca, ou as que se penduram, se deixou levar por ela. Senti, de facto alguma compaixão pelo Thurston…mas isso é muito diferente do perdão».


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Gossip

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top