Connect with us

Lady Gaga critica Trump por proibir transgéneros no exército

Foto: Lady Gaga - Instagram @ladygaga

Gossip

Lady Gaga critica Trump por proibir transgéneros no exército

Desde o início da sua carreira que Lady Gaga tem vindo a apoiar a comunidade LGBTQ e a defender os seus direitos, portanto não é surpresa nenhuma que a artista tenha ficado revoltada com a decisão do presidente americano, Donald Trump, de proibir pessoas transgénero no exército americano.

Esta quarta-feira (26 julho), Trump anunciou a sua decisão e Gaga imediatamente usou o Twitter para mostrar o seu desagrado. A cantora disse aos seus seguidores na rede social que para além da decisão ser um passo atrás no progresso americano é também nocivo para as vidas dos jovens LGBTQ.

Relacionado: Lady Gaga mostra o seu apoio à comunidade LGBT+. Sabe mais aqui.

Falando diretamente para o presidente, a artista escreveu: “A mensagem que acabou de enviar põe em perigo as vidas de pessoas por todo o lado nos Estados Unidos e no ultramar que estão a servir a nossa nação corajosamente.”

A cantora de “Poker Face” partilhou de seguida várias estatísticas que provam que os jovens, especialmente os jovens transgéneros, sofrem de problemas psicológicos e as ações de Trump podem fazê-los sentir ainda mais isolados.

“Muitos destes jovens são transgéneros e sofrem diariamente com exatamente o mesmo tipo de isolamento social e segmentação que a sua mensagem encoraja.”

Relacionado: Lady Gaga fala sobre problemas psicológicos com o Príncipe William. Vê aqui o vídeo.

Lady Gaga continuou ainda por explicar que metade dos jovens – estudantes secundários ou universitários e trabalhadores – não falam sobre os seus problemas psicológicos com ninguém e que dentro do grupo que Trump está a atacar, 45% dos jovens entre os 18 e os 24 anos já tentaram suicidar-se.

Para concluir, a cantora lembrou ainda que dentro da comunidade transgénero, há muitas pessoas fortes e corajosas que deviam poder estar no exército e servir o seu país se quiserem e receber a mesma honra que todos os outros recebem.

Relacionado: Vê aqui o lyrics video de “The Cure”.

Lady Gaga não foi a única artista a insurgir-se contra a decisão de Donald Trump, foram vários os nomes no mundo da música que fizeram comentários contra a proibição de transgéneros no exército, incluindo Katy Perry, Ariana Grande e Sam Smith.


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Gossip

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top