Connect with us

Liam Payne, dos One Direction, é acusado de homofobia e responde: «Isso é ridículo»

One Direction em Orlando
©Facebook

Gossip

Liam Payne, dos One Direction, é acusado de homofobia e responde: «Isso é ridículo»

Ontem, terça-feira, Liam Payne foi acusado de homofobia, na sequência dos comentários que fez num concerto dos One Direction, nos E.U.A.. A música que Liam apresentou foi «Girl Almighty», a sua favorita, e as suas palavras foram mal interpretadas quando explicou o significado da mesma: «é sobre tentar conseguir o número da mulher da tua vida, algo com o qual nenhuma de vocês se pode identificar, porque a maioria são raparigas. Excepto aqui os rapazes, vocês sabem do que estou a falar». Liam foi imediatamente acusado de homofobia e o assunto invadiu as internet. Mais tarde, no  Twitter, o cantor tentou esclarecer a situação: «acho que algumas pessoas levam tudo a peito, hoje em dia. Não vou comentar mais isso. Vocês sabem que eu estava a generalizar. Não sou homofóbico de maneira nenhuma. Isso é ridículo». Payne pareceu incomodado com a situação exagerada a que o submeteram e acrescentou: «é muito chato tentar dar o meu melhor para fazer as pessoas felizes e só se concentram num disparate que eu disse sobre uma música que adoro».

no images were found


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Gossip

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top