Connect with us

Muse planeiam fazer voar drones em concertos

Muse
©Instagram Muse

Notícias

Muse planeiam fazer voar drones em concertos

Os Muse revelaram que planeiam fazer voar drones sobre as audiências dos próximos concertos da banda, e que serão de apresentação do álbum com o mesmo nome.

Em entrevista à «Alt 98.7 Los Angeles» citada pelo «NME», o vocalista Matt Bellamy revelou: «gostamos sempre de ter tecnologia moderna nos nossos concertos, os mais recentes ecrãs, luzes, lasers, seja o que for. Os Drones são obviamente uma coisa interessante para tentar levar aos concertos, portanto vamos tentar fazer isso. Vai sempre haver uma dificuldade com a segurança, e com a questão de fazer coisas voar sobre as pessoas, mas a ideia geral é que quando a digressão começar nós usemos objetos voadores».

Bellamy explicou ainda o porquê do nome e interesse em «Drones»: «basicamente estou interessado nop que os drones representam do ponto de vista tecnológico, é uma altura do tempo em que estas máquinas começam a surgir. Nós crescemos a ver coisas como o ‘Terminator 2’, e tu vês este tipo de coisas a acontecerem no futuro, mas estamos aqui agora, por isso achei que era um tópico interessante sobre o qual escrever e falar – o que significa para o envolvimento dos humanos, as emoções humanas serem retiradas da equação quando se fala da guerra, e por aí fora. Achei que isso seria um tópico interessante para falar, mas não precisam de saber isso para gostar do álbum, há uns quantos riffs fixes por lá».

Na mesma entrevista, Bellamy foi ainda questionado sobre se o novo trabalho será conceptual, ao que o vocalista respondeu: «sim, basicamente, sim. Mas não é um conceito rígido como os Pink Floyd faziam. As canções funcionam sozinhas independentemente, mas juntam-se baseando-se no conceito dos drones. A vaga narrativa segue um tipo de protagonista que atravessa a viajem de perder tudo e levar uma espécie de lavagem ao cérerbro, ser arrastado para o exército, e tornar-se a pessoa que sente ter perdido a alma, até regressar, redescobrir, e lutar contra os sistemas que o oprimiram. Essa viagem decorre ao longo das primeiras oito canções do álbum, e depois o fim é um epílogo separado».

«Drones» sai a 8 de junho, e é apresentado pela banda em Portugal a 9 de julho, com um concerto no NOS Alive.

no images were found


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Notícias

Advertisement

Mais Lidas

Notícias

Advertisement
To Top