Connect with us

NOS Alive’22: Parov Stelar marcaram o ritmo

Foto: Parov Stelar @NOS Alive - © Hugo Macedo

Festivais

NOS Alive’22: Parov Stelar marcaram o ritmo

Palco Heineken convertido em pista de dança.

Parov Stelar é, na verdade, o nome artístico do músico e produtor austríaco Marcus Fuereder. Em conjunto com a orquestra que o acompanha, tem como objetivo meter toda a gente a dançar, algo que foi bem sucedido, neste regresso ao NOS Alive.

Relacionado: NOS Alive’22: The Strokes ou um déjà vu anunciado.

O palco Heineken foi ficando mais composto de música para música, pela qualidade do que ali se passava, mas possivelmente também porque esta era uma proposta bem mais interessante e equilibrada face à que decorria, ao mesmo tempo, no palco NOS.

Donos de uma sonoridade única, não fossem eles os pioneiros contemporâneos do eletro swing, a entourage deu um autêntico espetáculo do início ao fim, acabando o concerto com o público em plena euforia, depois de temas como as rodadas Booty Swing, Catgroove 22, numa nova versão, ou as recentes Vodoo Sonic e Gringo.

Relacionado: NOS Alive’22: Sunset Jungle em Algés.

Do mais recente disco, Moonlight Love Affair (2022), apenas saiu Toy Boy no final da performance de Parov Stelar, a fechar um encore que incluiu ainda Hit Me 2019 e Mambo Rap. A festa foi memorável, o público dançou e, no final, pedia-se mais. “Lisboa, vocês são incríveis”, disse, ainda, o frontman Fuereder. Talvez, no próximo ano, o NOS Alive volte a receber uma nova celebração de eletro swing.

Relacionado: NOS Alive’22: Balthazar e a febre de quarta à tarde.

Setlist:
Intro
Booty Swing
Catgroove 22
Berlin Shuffle / Django’s Revenge / Venom
Vodoo Sonic
Invisible Girl
Chambermaid (mashup)
Gringo
The Burning Spider
Gringo’s Revenge
All Night
Encore:
Hit Me 2019
Mambo Rap
Toy Boy

Continue Reading

Mais em Festivais

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top