Connect with us

“Na verdade nada é para sempre”, desabafou Cláudio Ramos

Cláudio Ramos
Foto: Cláudio Ramos - Instagram @claudio_ramos

Gossip

“Na verdade nada é para sempre”, desabafou Cláudio Ramos

Cláudio Ramos aproveita uma situação do quotidiano para falar das relações amorosos, chegando a afirmar que: “Na verdade nada é para sempre e tudo tem um lado B”.

É no seu Blog “Eu, Cláudio” que Cláudio Ramos desabafa com os seus seguidores, defendendo a ideia de que nada dura para sempre e que por vezes abandonar um “hábito” torna-se no ato mais corajoso e saudável para o ser humano.

É com o recurso a um simples exemplo de consumo de açúcar que o apresentador da “Passadeira Vermelha” nos explica o sentido de por vezes ser necessário quebrar a rotina: “Por muito acostumados que estejamos a alguém, a um lugar, a uma casa, a uma pessoa, a um projecto, há uma altura em que temos forçosamente de perceber que um dos lados está gasto, deixou de ser prioridade e não nos está a fazer bem”.

Relacionado: Cláudio Ramos partilha fotografia semi nú com os fãs. Sabe mais aqui.

Neste post, o blogger explica que faz agora dois anos que deixou de consumir açúcar, confessando que: “para mim foi uma vitória porque eu tentava há anos fazê-lo”.

Assumindo beber uma quantidade de café acima do desejado, Cláudio diz ter sido em Cabo Verde que experimentou pela primeira vez beber café sem açúcar e que foi a partir daí que acompanhou esta vontade de mudança, como faz em quase tudo na sua vida, com uma promessa porque diz acreditar muito “numa espécie de força e sacrifício”.

Após descrever a experiência, o apresentador assume que passados poucos dias já se questionava com o  porquê de beber durante tantos anos café com açúcar, direcionando a questão para o facto de nós, seres humanos, de “não nos darmos conta que de tanto as fazermos e de tão acostumados a elas que estamos (às coisas), não conseguimos ver mais além e as damos como única opção”.

Cláudio Ramos adverte para o facto que nós devíamos olhar um pouco mais para nós próprios e analisarmos a nossa forma de viver. Se as nossas decisões nãos nos estão a trazer benefícios ou a fazer bem, não há o porquê de ter medo em arriscar. Só arriscando é que podemos descobrir um caminho melhor (um lado B) em relação àquele que estamos a percorrer.

Sabe mais:
– O horário do festival NOS Alive já se encontra disponível!
– Carlão apresenta single do novo disco no Rock in Rio!
– Agir presta homenagem ao falecido rapper XXXTentacion
– NOS Alive: Sound Bullet lança cover de Arctic Monkeys


Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Mais em Gossip

Advertisement

Mais Lidas

Advertisement
To Top